Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Associação Protoiro culpa PAN pela violência do protesto contra touradas no Campo Pequeno

Federação Portuguesa de Tauromaquia refere que partido ignora respeito "pelos princípios de um estado de direito democrático".
Correio da Manhã 27 de Agosto de 2021 às 22:54
Manifestação no Campo Pequeno
Manifestação no Campo Pequeno FOTO: Lusa

A Protoiro, Federação Portuguesa de Tauromaquia, emitiu esta sexta-feira um comunicado acerca da manifestação contra as touradas que se realizou esta quinta-feira, dia 26 de agosto, no Campo Pequeno, em Lisboa.

A associação responsabiliza o Partido Animais e Pessoas (PAN) pela violência e pelas agressões que ocorreram durante a manifestação, condenando ainda "o uso de um discurso de incentivo ao ódio".

A Federação Portuguesa de Tauromaquia refere ainda que o PAN "ignora o respeito pelos mais básicos princípios de um estado de direito democrático".

Centenas juntaram-se para criticar a corrida de homenagem ao cavaleiro João Moura, acusado de maus-tratos a animais após o episódio de galgos subnutridos.

Ainda assim, a associação o partido pelo "aproveitamento político" da vida pessoal do cavaleiro para atacar a "cultura tauromáquica". 

A Protoiro afirma ainda que a realização de uma corrida de touros é um "exemplo de livre iniciativa e exercício de direitos culturais consagrados na Constituição Portuguesa". 

Ver comentários