Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Bebé nasce dentro de ambulância dos Bombeiros de Grândola

Mãe estava a ser transportada para a maternidade do hospital de Setúbal, quando entrou em trabalho de parto.
Joaquim Bernardo 19 de Dezembro de 2020 às 09:50
Uma menina nasceu na noite de sexta-feira, 18 de dezembro, numa ambulância dos Bombeiros de Grândola durante o transporte da mãe para a maternidade do Hospital de São Bernardo, em Setúbal.

Joaquim Duarte, Comandante dos Bombeiros de Grândola afirmou ao CM que "a mulher chegou ao nosso quartel cerca das 20h15, já com a bolsa rebentada, de imediato foi acionada a VMER do Hospital do Litoral Alentejano e iniciado o transporte para a maternidade de Setúbal".

Já ao quilómetro 91 da Autoestrada do Sul (A2), a mulher entrou em trabalho de parto e o motorista da ambulância "teve de encostar a viatura na berma em segurança" e ali realizaram o parto.

A criança acabou por nascer com a ajuda de dois bombeiros e de um médico e um enfermeiro da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital do Litoral Alentejano.

Após o parto, a mãe e a filha recém-nascida que se vai chamar Cintia, foram transportadas para a maternidade em Setúbal, onde estão bem de saúde e devem ter alta nas próximas horas.

Por falta de maternidade no Hospital do Litoral Alentejano, todas as grávidas dos concelhos de Sines, Santiago do Cacém, Grândola e Alcácer do Sal são encaminhadas para a maternidade do Hospital de São Bernardo, em Setúbal.
Ver comentários