Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Capelas de Fátima alvo de vandalismo

Quatro capelas das estações da Via-Sacra com pinturas obscenas.
Bernardo Esteves 27 de Julho de 2019 às 01:30
A capela da quarta estação da Via-Sacra ficou com este aspeto
Santuário de Fátima
A capela da quarta estação da Via-Sacra ficou com este aspeto
Santuário de Fátima
A capela da quarta estação da Via-Sacra ficou com este aspeto
Santuário de Fátima
Quatro das 14 capelas que constituem a Via-Sacra no Caminho dos Pastorinhos, entre Aljustrel e a Cova da Iria, foram vandalizadas.

Desconhecidos utilizaram tinta amarela em spray para escrever palavras obscenas e pintar as fachadas e as partes íntimas das figuras, bem como as suas cabeças.

Esta sexta-feira de manhã os funcionários do Santuário de Fátima encontraram as capelas vandalizadas. "Isto foi feito entre as 20h00 de quinta-feira e as 08h00 de sexta, período em que não havia vigilância", disse ao CM Carmo Rodeia, porta-voz do Santuário de Fátima.

As capelas afetadas estão situadas entre as quarta e sétima estação. "Já fizemos testes para remover as pinturas mas verificámos que não se faz de um dia para o outro. Vamos colocar tapumes à volta das capelas afetadas para indicar que estão a ser restauradas. Tentaremos ser o mais breves possível", afirmou a porta-voz, acrescentando: "Esta zona não fica no coração do santuário, mas é um espaço devocional muito importante, sobretudo para grupos organizados que visitam Fátima, muitos deles estrangeiros. Queremos que as pessoas façam a Via-Sacra sem constrangimentos".

Caminho percorrido pelos pastorinhos
A Via-Sacra no Caminho dos Pastorinhos tem 2,5 quilómetros e fica nos Valinhos, o terreno que os Pastorinhos percorriam com os rebanhos da casa em Aljustrel até à Cova da Iria. As capelas assinalam as 14 estações da Via-Sacra.

PORMENORES
Calvário húngaro
A Via-Sacra termina no Calvário Húngaro, cuja capela é dedicada a Santo Estêvão. As 14 estações da Via-Sacra foram oferecidas por peregrinos da Hungria, daí a designação.

Inaugurado em 1964
Em 1959, foi benzida a primeira pedra da Via-Sacra. A inauguração aconteceu em 1964. O caminho é percorrido por milhares de peregrinos todos os anos.
Aljustrel Capelas de Fátima Santuário de Fátima Via-Sacra no Caminho dos Pastorinhos Iria Cova
Ver comentários