Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Chefe dos bombeiros infetado com coronavírus morre no hospital

Quartel esteve fechado entre 8 e 28 de abril.
Miguel Curado 2 de Maio de 2020 às 10:01
João Almeida Fernandes
João Almeida Fernandes FOTO: Direitos Reservados
João Almeida Fernandes, chefe dos Bombeiros Voluntários de Lisboa, de 62 anos, que estava infetado com Covid-19, morreu na quarta-feira num hospital.

O comandante Paulo Vitorino disse ao CM que a ideia dos colegas é que o chefe "morreu de um enfarte do miocárdio". "Só a autópsia poderá dizer mais", considerou.

O mesmo responsável explicou que o quartel esteve fechado entre 8 e 28 de abril. "Vinte bombeiros, entre os quais o chefe Fernandes, estiveram em confinamento por contacto com pelo menos um caso positivo", acrescentou.

A morte de João Almeida Fernandes ocorreu após 15 dias de confinamento num espaço cedido pela Câmara de Lisboa, em Monsanto, e quando o chefe ia fazer um novo teste de despistagem da doença.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus

- Siga ao minuto as últimas sobre a doença
Mapa da situação em Portugal e no Mundo: veja a evolução da pandemia
- Conselhos sobre o coronavírus no explicador
- Conheça os mitos que deve ignorar sobre a doença

Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24

João Almeida Fernandes Covid-19 questões sociais
Ver comentários