Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Costa afirma que 2020 fica para a História como a derrota do pensamento económico liberal

António Costa deixou estes avisos de caráter ideológico na segunda ronda do debate sobre política geral, na Assembleia da República.
Lusa 12 de Maio de 2021 às 19:15
António Costa é primeiro-ministro desde novembro de 2015
António Costa é primeiro-ministro desde novembro de 2015 FOTO: Lusa
O primeiro-ministro considerou esta terça-feira que 2020, marcado pela covid-19, ficará para a História como o ano da derrota do pensamento económico liberal e, num recado à sua esquerda, afirmou que se enganará quem julgar que escolherá a austeridade.

António Costa deixou estes avisos de caráter ideológico na segunda ronda do debate sobre política geral, na Assembleia da República, depois de ter escutado uma intervenção crítica referente à tese do "Estado mínimo" por parte do deputado e presidente da concelhia do PS/Porto, Tiago Barbosa Ribeiro.

Na sua resposta, o líder do executivo começou por deixar uma farpa indireta para os partidos à esquerda do PS, afirmando que "alguns tiveram a ilusão de que o Governo responderia a esta crise com austeridade".

PS/Porto António Costa política partidos e movimentos
Ver comentários