Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Défice atinge 2.255 milhões de euros no primeiro trimestre do ano

Governo justifica agravamento devido à terceira vaga da pandemia de Covid-19.
Lusa 26 de Abril de 2021 às 16:30
Dinheiro
Dinheiro FOTO: Getty Images
O saldo orçamental das Administrações Públicas (AP) agravou-se em 2.358 milhões de euros no primeiro trimestre face ao mesmo período do ano passado, registando no final de março um défice de 2.255 milhões, segundo as Finanças.

"O défice das Administrações Públicas em contabilidade pública atingiu 2.255 ME [milhões de euros] em resultado da terceira vaga da pandemia. Esta evolução traduziu-se num agravamento de 2.358 ME face ao período homólogo explicado pelo impacto do confinamento e das medidas de resposta à pandemia", pode ler-se num comunicado do Ministério das Finanças esta segunda-feira divulgado.

O documento, que antecipa a síntese da execução orçamental a ser divulgada segunda-feira pela Direção-Geral do Orçamento (DGO), indica que "a degradação do défice resultou do efeito conjunto da contração da receita (-6%) aliado ao crescimento significativo da despesa primária (+6,5%)", devido aos impactos da redução da receita fiscal e contributiva e medidas de apoio a famílias e empresas.

Administrações Públicas AP economia negócios e finanças macroeconomia conjuntura défice finanças
Ver comentários