Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Dez municípios do Algarve desperdiçam água

Mais de 13 mil milhões de litros são perdidos todos os anos.
José Carlos Eusébio 18 de Setembro de 2021 às 09:45
Ruturas nas redes de abastecimento antigas e degradadas são a principal razão para as elevadas perdas de água
Ruturas nas redes de abastecimento antigas e degradadas são a principal razão para as elevadas perdas de água FOTO: Direitos Reservados
Mais de 13 mil milhões de litros de água perdem-se todos os anos nos sistemas de abastecimento de água do Algarve, sobretudo devido a ruturas. Para minorar o problema, as autarquias, através de fundos comunitários, vão investir 35 milhões de euros na reabilitação de redes, ao longo dos próximos quatro anos.

De acordo com dados do Plano Regional de Eficiência Hídrica do Algarve, existem dez municípios algarvios que não cumprem a meta definida para as perdas reais de água nos sistemas de abastecimento público, que deve ser inferior a 20%.

Os concelhos que apresentam percentagens mais elevadas de perdas reais são "Silves e São Brás de Alportel, com valores superiores acima dos 40%", segundo consta do documento.

Pelo contrário, Albufeira, Faro, Loulé, Portimão e Tavira são os municípios com menor desperdício de água.

O problema resulta sobretudo da existência de "infraestruturas de distribuição de água com elevado tempo de vida e com indícios de degradação, originando ruturas".

Segundo a Comunidade Intermunicipal do Algarve – AMAL, o investimento que vai ser feito até 2026 tem como objetivo "reduzir as perdas de água no setor urbano em, pelo menos, 125 quilómetros". Serão ainda implementados sistemas de monitorização das redes.
Ver comentários