Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

DGS reduz intervalo entre doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19

Prazo entre a primeira e a segunda dose do fármaco passa a ser flexível: entre 21 e 28 dias.
Correio da Manhã 3 de Agosto de 2021 às 13:50
A carregar o vídeo ...
DGS reduz intervalo entre doses da vacina da Pfizer contra a Covid-19
A Direção-Geral da Saúde atualizou esta terça-feira a norma 021/2020, relativa à vacinação contra a Covid-19 com a vacina da Pfizer-BioNTech, no que diz respeito ao intervalo entre doses do fármaco.

Até agora a DGS recomendava um prazo entre doses de 28 dias mas, com a nova alteração, este intervalo passa a ser flexível: entre 21 e 28 dias.

"Esquema vacinal recomendado: 2 doses com intervalo de 21 a 28 dias (...) Se houver atraso em relação à data marcada para a 2.ª dose, ou, por qualquer intercorrência, não puder ser administrada a 2ª dose, a mesma será administrada logo
que possível. Todas as oportunidades de vacinação devem ser aproveitadas para completar o esquema vacinal, respeitando as recomendações desta norma.", lê-se no documento agora alterado.
DGS Covid-19 Pfizer Direção-Geral da Saúde Pfizer-BioNTech saúde
Ver comentários