Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
4

Escavações revelam ocupação visigótica em Sabrosa

Achado é considerado “inédito”.
Paulo Fonte(paulofonte@cmjornal.pt) e Lusa 10 de Agosto de 2022 às 08:48
Fivela em bronze pode indiciar a ocupação visigótica
Trabalhos decorrem na Necrópole Medieval das Touças
Fivela em bronze pode indiciar a ocupação visigótica
Trabalhos decorrem na Necrópole Medieval das Touças
Fivela em bronze pode indiciar a ocupação visigótica
Trabalhos decorrem na Necrópole Medieval das Touças
Uma fivela em bronze que pode indiciar a ocupação visigótica em Trás-os-Montes foi descoberta durante escavações arqueológicas na Necrópole Medieval das Touças, em Sabrosa. O achado é considerado “inédito”.

Pelo terceiro verão consecutivo, a Necrópole perto da aldeia de Garganta, distrito de Vila Real, está a ser alvo de escavações por parte da Associação de Arqueologia de Sabrosa. Os pesquisadores acreditam que este artefacto corresponde aos séculos VI, VII e VIII d.C. e que sugere a possibilidade de ocupação visigótica em Trás-os-Montes, considerando que se trata de “um achado inédito”, visto que até à data “não havia registos na região”. “Faz-nos recuar naquilo que tínhamos pensado para este sítio. Poderá ser mais antigo e mais abrangente”, afirma o arqueólogo Gerardo Vidal Gonçalves, apontando outras descobertas, como um fragmento de machado em ferro visigótico.
Necrópole Medieval das Touças Sabrosa Trás-os-Montes artes cultura e entretenimento
Ver comentários