Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Estudo português abre portas a nova geração de medicamentos para combater vírus e parasitas

Investigadores de várias instituições científicas nacionais descobriram e testaram "uma molécula com um perfil revolucionário.
Lusa 20 de Setembro de 2021 às 12:07
Universidade de Coimbra
Universidade de Coimbra FOTO: Ricardo Almeida
Uma equipa interdisciplinar de investigadores descobriu e testou uma molécula que abre caminho para o desenvolvimento de uma nova geração de medicamentos para combater vírus e parasitas, anunciou esta segunda-feira a Universidade de Coimbra (UC).

Investigadores de várias instituições científicas nacionais descobriram e testaram "uma molécula com um perfil revolucionário, que abre caminho de um novo antimicrobiano de largo espetro com potencial de aplicação na prevenção e tratamento de múltiplos tipos de infeções virais, endémicas e pandémicas, e também doenças parasitárias, como a malária", afirma a UC numa nota esta segunda-feira enviada à agência Lusa.

Designada BSS730A, a molécula, que é "derivada da penicilina, umas das moléculas mais conhecidas do mundo, foi descoberta no âmbito do projeto Spiro4MALAIDS e resulta de vários estudos realizados ao longo dos últimos nove anos pelo Grupo de Química Orgânica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC)".

Ver comentários