Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
8

Farmacêuticas devem acabar com pandemia em vez de ganharem mais dinheiro, defende Durão Barroso

Ex-primeiro-ministro português referia-se aos acordos bilaterais para venda de vacinas tornados públicos.
Lusa 3 de Março de 2021 às 07:39
Durão Barroso
Durão Barroso FOTO: Getty Images
As farmacêuticas devem concentrar-se em acabar com a fase mais aguda da pandemia da covid-19 em vez de procurarem ganhar mais dinheiro com acordos bilaterais para venda de vacinas, defende o presidente da Aliança Global para as Vacinas, Durão Barroso.

"Os fabricantes devem comprometer-se a ajudar a acabar com a fase aguda da pandemia e isso significa trabalhar diretamente com a [plataforma internacional de distribuição equitativa de vacinas] Covax em vez de buscar maiores ganhos financeiros por meio de acordos bilaterais", considera Durão Barroso numa entrevista à agência Lusa feita por escrito.

O ex-primeiro-ministro português e ex-presidente da Comissão Europeia salienta que "este vírus não respeita fronteiras" e que o caminho para acabar com a pandemia desencadeou "não é entrar em competição desenfreada entre uns e outros", uma lógica que considera que deve valer também para os governos.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Durão Barroso Vacinas política ajuda externa questões sociais pandemia coronavírus governos vacinação
Ver comentários