Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Função pública dará "resposta firme" ao Governo na greve de 12 de novembro, avisa a Frente Comum

"Requeremos a negociação suplementar e o Governo senta-se à mesa com a mesma proposta", disse Sebastião Santana.
Lusa 20 de Outubro de 2021 às 19:04
Sebastião Santana é secretário-geral da Frente Comum
Sebastião Santana é secretário-geral da Frente Comum FOTO: direitos reservados
Os trabalhadores da Administração Pública vão dar "uma resposta firme", na greve de 12 de novembro, à proposta de aumentos salariais do Governo de 0,9% para 2022, disse esta quarta-feira o líder da Frente Comum de sindicatos.

O coordenador da Frente Comum, Sebastião Santana, falava à saída de uma reunião de negociação suplementar com a ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão, que durou menos de meia hora.

"Foi uma reunião bastante rápida, requeremos a negociação suplementar e o Governo senta-se à mesa com a mesma proposta que é rigorosamente nada", disse Sebastião Santana.

Ver comentários