Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

GNR barra 196 trabalhadores na cerca sanitária em Odemira

Autoridades controlaram os acessos de um total de 1425 trabalhadores até às 20h00 desta segunda-feira.
Lusa 10 de Maio de 2021 às 21:51
Autoridades controlaram acessos trabalhadores em Vila Nova de Milfontes
Autoridades controlaram acessos trabalhadores em Vila Nova de Milfontes
Autoridades controlaram acessos trabalhadores em Vila Nova de Milfontes
Autoridades controlaram acessos trabalhadores em Vila Nova de Milfontes
Autoridades controlaram acessos trabalhadores em Vila Nova de Milfontes
Autoridades controlaram acessos trabalhadores em Vila Nova de Milfontes
A GNR controlou esta segunda-feira os acessos de um total de 1.425 trabalhadores na cerca sanitária em duas freguesias do concelho de Odemira e rejeitou a entrada ou saída de 196, por não apresentarem testes negativos à covid-19.

Fonte do Comando Territorial de Beja da GNR disse à agência Lusa que estes dados são referentes ao período entre as 05h00 e as 20h00, nos quatro postos de controlo que envolvem a cerca sanitária das freguesias de São Teotónio e Longueira-Almograve, no concelho de Odemira.

Neste período, do total de 1.425 pessoas controladas por motivos laborais, os militares da Guarda fiscalizaram a entrada e saída de 1.197 trabalhadores sazonais de empresas com atividade no interior da cerca sanitária e de 228 trabalhadores de outras profissões.

Comando Territorial de Beja da GNR Odemira economia negócios e finanças turismo controlo migrantes
Ver comentários