Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Grávida perde bebé após ida às Urgências do Hospital de Aveiro

Casal que aguardava o nascimento da filha acusa o hospital de negligência. Coração da bebé parou às 40 semanas.
Paulo Jorge Duarte 27 de Novembro de 2019 às 01:30
Thaynah Ferreira de Souza denunciou o caso, em vídeo, nas redes sociais
Urgência do Hospital de Aveiro
Thaynah Ferreira de Souza denunciou o caso, em vídeo, nas redes sociais
Urgência do Hospital de Aveiro
Thaynah Ferreira de Souza denunciou o caso, em vídeo, nas redes sociais
Urgência do Hospital de Aveiro

"Isto não se faz com ninguém, fiz uma ecografia e a minha bebé estava morta dentro de mim". O desabafo, em desespero, é deixado por Thaynah Ferreira de Souza, a mulher grávida que perdeu a bebé às 40 semanas de gestação, quando estava internada no Hospital de Aveiro. A mãe e o pai, moradores em Águeda, acusam o hospital de negligência. 

"E agora, comprei as coisas para a minha filha com muitas dificuldades e vou para casa sem ela", relatou a mulher. Thaynah permaneceu internada durante três dias. Mas segundo alega, pese embora as queixas de dores e falta de ar, a unidade hospitalar de Aveiro não terá prestado a devida assistência. "Estava escrito no meu registo que a minha gravidez era de risco. Não quiseram saber da nada e, agora, a minha filha está morta", acusa a mulher, num vídeo publicado nas redes sociais. Thaynah, que sofre de asma, ficou internada no hospital, após ter sido diagnosticada com pneumonia.

O Hospital de Aveiro confirmou, em comunicado, a morte do feto, com 40 semanas, tendo revelado que vai abrir um inquérito interno para apuramento de responsabilidades.

PORMENORES
Dores fortes
Thaynah deu entrada no hospital, na quarta-feira, com dores e contrações fortes. A morte do feto ocorreu três dias depois.

Ida à Urgência
Nas últimas 2 semanas, Thaynah foi várias vezes às Urgências. Os médicos não viram alterações no estado da bebé.

Outro caso
Beatriz Oliveira também perdeu o bebé no Hospital de Aveiro. Apresentou queixa na Justiça por negligência médica.

Ver comentários