Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Greve da Função Pública a 12 de novembro

Coordenador da Frente Comum defende que "proposta de Orçamento do Estado absolutamente insuficiente em toda a linha".
Correio da Manhã 18 de Outubro de 2021 às 12:40
A carregar o vídeo ...
Greve da Função Pública a 12 de novembro
A Frente Comum de Sindicatos da Administração Pública confirmou esta segunda-feira que os trabalhadores da função pública vão fazer greve nacional no dia 12 de novembro, para exigir ao Governo que altere a proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). 

A greve foi aprovada numa reunião da coordenadora da Frente Comum realizada hoje e anunciada pelo dirigente da estrutura sindical Sebastião Santana que considera a "proposta do Orçamento do Estado absolutamente insuficiente em toda a linha". 

Os trabalhadores vão "dar uma resposta firme" com uma paralização, sublinhou o dirigente sindical.

Em causa está a proposta de aumento salarial de 0,9% do Governo que o sindicato considera que se trata de uma "atualização" e não de um aumento. O aumento mínimo exigido pela Frente Comum é uma "proposta base negocial de 90 euros para todos os trabalhadores da administração". Esta proposta serviria de base para as negociações com o Governo. 

"Mesmo a concretizar-se não ia repor aquilo que foi a perda do poder de compra dos trabalhadores", conclui Sebastião Santana.
Sebastião Santana Função Pública Frente Comum economia negócios e finanças trabalho
Ver comentários