Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Hospital Amadora-Sintra fez mais de 300 mil consultas e 15 mil cirurgias em 2021. Tempos de espera reduziram

Balanço aponta para mais sete mil consultas do que em 2019, antes da pandemia.
Pedro Zagacho Gonçalves(pedrogoncalves@cmjornal.pt) 19 de Janeiro de 2022 às 20:14
 Hospital Amadora-Sintra
Hospital Amadora-Sintra FOTO: Tiago Sousa Dias

O Hospital Amadora-Sintra realizou no ano passado mais de 300 mil consultas de especialidade e mais de 15 mil cirurgias, o que representa um incremento da atividade nesta unidade hospitalar face a 2020 e, em alguns casos até superior aos número de 2019.

Em comunicado, o hospital explica que, em 2021, "foram realizadas 334.215 consultas de especialidade, mais 34.945 do que em 2020, o que representa um acréscimo de 11,7%". O organismo informa que, comparando com os números de 2019, antes da pandemia de Covid-19, "foram realizadas mais 7.190 consultas de especialidade", com uma redução de 20 dias nos tempos de espera.

Já quanto às cirurgias no Amadora-Sintra, de acordo com o balanço, "em 2021 efetuaram-se 15.112 cirurgias, mais 2.246 do que em 2020, registando-se um acréscimo de 35,3% nas cirurgias convencionais e de 14,6% nas cirurgias de ambulatório".

O hospital adianta ainda que, face ao período antes da pandemia, em 2019, o ano de 2021 fica marcado por uma redução de 31,5% no número de doentes em espera para cirurgia.

No que diz respeito a atendimentos na Urgência, este hospital registou em 2021, face a 2020, um crescimento de 22%, com um total de 23 001 atendimentos feitos.

"Apesar da atividade assistencial de 2021 ter sido fortemente condicionada pela pandemia por SARS-CoV-2, os números evidenciam o empenho e profissionalismo de todas e de todos os trabalhadores do HFF, sem os quais não estaríamos a ultrapassar este que tem sido o maior desafio das nossas vidas profissionais", realça Marco Ferreira, presidente do Conselho de Administração do Hospital Amadora-Sintra.

Hospital Amadora-Sintra saúde hospitais
Ver comentários