Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Jogadores do Mirandela entram em campo com 11 cães para apelar à adoção

Direção do clube de futebol transmontano aceitou o repto lançado pela Associação de Defesa Animal do Nordeste.
Lusa 27 de Outubro de 2021 às 17:31
Futebol
Futebol FOTO: Getty Images
Os jogadores da equipa principal de futebol do Mirandela vão entrar em campo, no próximo domingo, acompanhados por 11 cães para apelar à adoção de animais abandonados, divulgou esta quarta-feira a organização.

A direção do clube de futebol transmontano aceitou o repto lançado pela Associação de Defesa Animal do Nordeste (ADAN) e junta-se à causa animal no jogo a contar para a série B do campeonato de Portugal, em que recebe o Vila Meã, no domingo, no Estádio de São Sebastião.

"Vá ao futebol e adote um amigo de quatro patas", é o lema da iniciativa com que a ADAN encerra as atividades de comemoração do mês do animal, que decorreram ao longo de outubro, como disse à Lusa Margarida Duque, membro da associação.

Margarida Duque decidiu replicar uma ação de que teve conhecimento, nas redes sociais, organizada num país do Leste Europeu e a associação conseguiu congregar várias entidades nesta iniciativa que será "inédita em Portugal".

A ADAN, que tem sede em Mirandela, no distrito de Bragança, contactou o Centro de Recolha Oficial (CRO) da Terra Quente Transmontana e o veterinário municipal selecionou os 11 cachorros e cães para a iniciativa "jogar para adotar", que conta com o apoio da Câmara de Mirandela na promoção.

Segundo Margarida Duque, a equipa do Sport Clube de Mirandela entrará em campo, cada jogador acompanhado de um cão, para sensibilizar o público a adotar animais abandonado e não a comprar.

No intervalo do jogo, os animais voltam a desfilar em campo e, quem estiver interessado, pode fazer a adoção gratuitamente no estádio, onde vão estar elementos da ADAN, com a garantia de que os animais estão registados, desparasitados, esterilizados, com as vacinas em dia e com 'chip'.

A ADAN, e todos os parceiros envolvidos, pretende "com este evento inovador a nível nacional sensibilizar para o não abandono de animais e para promoção da adoção responsável".

O presidente do Sport Clube de Mirandela, Carlos Correia, garantiu à Lusa que a resposta ao repto da associação foi imediatamente afirmativa.

"Estamos sempre abertos a estas iniciativas, sempre solidários e fica bem à instituição (clube)", declarou à Lusa.

Da parte dos jogadores, o presidente assegurou que "estão sempre dispostos a ajudar".

Para o presidente do clube, "era bom que se conseguisse adotar, pelo menos, quatro ou cinco animais".

Carlos Correia só lamenta as previsões de chuva para a tarde do próximo domingo, na esperança, contudo, de que ela não afaste o público do estádio de São Sebastião, em Mirandela.

Ver comentários