Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
6

Chuva e mau tempo provocam apagão geral na Madeira

Intensidade da tempestade desativou o sistema na Central Elétrica da Vitória, localizada no Funchal e provocou um apagão geral.
Lusa 28 de Março de 2021 às 09:28
A carregar o vídeo ...
Tempestade que atinge o arquipélago provocou inundações e queda de muros em vários pontos da região.
Um novo apagão geral está a afetar este domingo a ilha da Madeira, depois do ocorrido na noite de sábado, na sequência da tempestade que atinge o arquipélago e provocou inundações e queda de muros em vários pontos da região.

A Empresa Eletricidade da Madeira está a tentar repor a energia, que falhou cerca das 07h00 da manhã, devido à trovoada e às descargas elétricas persistentes durante a madrugada, indicou à agência Lusa fonte do Governo Regional da Madeira.

A intensidade da tempestade desativou o sistema na Central Elétrica da Vitória, localizada no Funchal e provocou um apagão geral.

Chuva e trovoada colocam Madeira em aviso laranja até às 12h00
O arquipélago da Madeira está sob aviso laranja do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) até às 12h00, com condições favoráveis à ocorrência de aguaceiros, por vezes fortes, de granizo e acompanhados de trovoada.

Com exceção do aviso meteorológico amarelo para Porto Santo, devido a risco de trovoada até as 12h00 e de aguaceiros até às 15h00, por vezes fortes, o resto do arquipélago está hoje sob aviso laranja do IPMA até as 12h00, devido a chuva e trovoada, um nível de alerta acima do amarelo, e às 15h00 todo o arquipélago regressa a aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros fortes e trovoada.

A costa sul e regiões montanhosas da ilha da Madeira estiveram no sábado sob aviso vermelho, prevendo na altura o IMPA que este aviso, o mais grave na escala do instituto, se mantivesse até as 12h00 de hoje, mas desde as 6h30 de hoje o aviso desceu para laranja, até as 12h00, e a partir dessa hora e até às 21h00 desce para aviso amarelo devido aos aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados de trovoada.

Aguaceiros fortes e queda granizo, acompanhados de trovoada, provocaram no sábado a necessidade de realojamento de duas famílias, num total de sete pessoas, no concelho do Funchal, "devido à falta de condições de habitabilidade de duas casas inundadas", anunciou a Câmara Municipal do Funchal em comunicado.

Madeira questões sociais
Ver comentários