Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Mais de dois mil precários por contratar levam a protesto em Lisboa

Uma centena de enfermeiros juntou-se por melhores condições de trabalho.
Lusa 15 de Abril de 2021 às 08:36
Enfermeiros protestaram junto ao Ministério da Saúde
Enfermeiros protestaram junto ao Ministério da Saúde FOTO: Vítor Mota

Cerca de uma centena de enfermeiros protestaram esta quarta-feira, em frente ao Ministério da Saúde, em Lisboa. Exigem a contratação de 2010 profissionais que têm, atualmente, vínculo precário.

Pedem ainda a valorização da carreira e da profissão. Concretamente, a “justa contagem de pontos para efeitos de progressão”, “a negociação de uma carreira única que valorize todos, resolva injustiças e permita a aposentação mais cedo para compensar o risco” e a atribuição da menção de relevante “a todos os enfermeiros na resposta à pandemia”, explicou José Carlos Martins, presidente do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses.

O dirigente ameaça convocar “uma manifestação em Lisboa para reforçar estas exigências”, caso o Ministério da Saúde não dê resposta às reivindicações. Nas faixas dos manifestantes liam-se pedidos a favor da dignidade e valorização da profissão.

“Os enfermeiros estão cansados e exaustos, como é reconhecido por todos”, frisou o presidente do SEP, acrescentando que a classe desempenha “um papel central na resposta às pessoas e às necessidades”. 

Lisboa Ministério da Saúde trabalho política saúde profissionais de saúde
Ver comentários