Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Mangualde terá primeira residência para idosas vítimas de violência doméstica

Deverá entrar em funcionamento até final do ano.
Lusa 27 de Janeiro de 2022 às 09:53
Idosa
Idosa FOTO: Getty Images
A primeira residência destinada a mulheres idosas vítimas de violência doméstica deverá entrar em funcionamento até final do ano, no concelho de Mangualde, disse esta quinta-feira à agência Lusa a secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade.

Segundo Rosa Monteiro, das três Estruturas Residenciais para Pessoas Idosas (ERPI) destinadas a mulheres vítimas de violência doméstica que estão previstas - num investimento total de mais de quatro milhões de euros (referentes apenas ao edificado) - a de Mangualde é a que se encontra mais avançada, tendo a empreitada sido adjudicada no dia 17.

Além do concelho de Mangualde (Centro), também os de Viana do Castelo (Norte) e de Grândola (Alentejo) vão acolher estas experiências-piloto e receber "mulheres vítimas de violência doméstica idosas em situação de extrema dependência, de todo o país", explicou.

Cidadania Mangualde Lusa Estado Igualdade questões sociais
Ver comentários