Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Margem orçamental para função pública está esgotada

Valorização da administração pública irá custar 1.200 milhões de euros.
Lusa 7 de Outubro de 2022 às 20:08
Secretária de Estado da Administração Pública, Isabel Neto
Secretária de Estado da Administração Pública, Isabel Neto FOTO: Diogo Ferreira Martins/CMTV
A secretária de Estado da Administração Pública disse esta sexta-feira que a margem orçamental para a função pública para 2023 ficou esgotada com a proposta para subir o subsídio de refeição para 5,20 euros apresentada aos sindicatos.

A governante falava aos jornalistas na Presidência do Conselho de Ministros, em Lisboa, após a segunda ronda negocial com os sindicatos da função pública sobre os aumentos salariais para o próximo ano.

Na primeira reunião, realizada na segunda-feira, o Governo indicou que a valorização da administração pública iria custar 1.200 milhões de euros, incluindo aumentos salariais, progressões e promoções e a revisão da tabela remuneratória.

Estado da Administração Pública economia negócios e finanças trabalho
Ver comentários