Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Ministério Público abre inquérito à manifestação do Movimento Zero que saiu do percurso autorizado

Segundo a PGR, o inquérito encontra-se em investigação no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa.
Lusa 24 de Junho de 2021 às 17:54
Protesto de polícias em frente à AR
Protesto de polícias em frente à AR
Protesto de polícias em frente à AR
Protesto de polícias em frente à AR
Protesto de polícias em frente à AR
Protesto de polícias em frente à AR
Protesto de polícias em frente à AR
Protesto de polícias em frente à AR
Protesto de polícias em frente à AR
Protesto de polícias em frente à AR
Protesto de polícias em frente à AR
Protesto de polícias em frente à AR
O Ministério Público (MP) abriu um inquérito à manifestação realizada na segunda-feira, em Lisboa, por elementos da PSP e da GNR pertencentes ao Movimento Zero, indicou hoje a Procuradoria-Geral da República (PGR).

"Confirma-se a instauração de um inquérito relacionado com factos ocorridos na manifestação" do Movimento Zero, refere a PGR, numa resposta escrita enviada à agência Lusa.

Segundo a PGR, o inquérito encontra-se em investigação no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa.

Algumas centenas de elementos da PSP e da GNR pertencentes ao Movimento Zero protestaram na segunda-feira durante cerca de 11 horas, numa concentração que começou em frente à Assembleia da República e que depois se espalhou pelas principais vias de Lisboa num desfile que durou cerca de duas horas e meia e bloqueou o trânsito em plena hora de ponta, não estando este percurso autorizado.

Movimento Zero Lisboa Ministério Público PSP GNR Procuradoria-Geral da República PGR questões sociais
Ver comentários