Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Ministra da Saúde diz que medidas de confinamento são "adaptadas à atual situação" da pandemia

Marta Temido lembrou a necessidade de manter as medidas não farmacológicas.
Lusa 16 de Julho de 2021 às 17:25
Marta Temido, ministra da Saúde
Marta Temido, ministra da Saúde FOTO: CMTV
A ministra da Saúde, Marta Temido, defendeu as medidas de combate à pandemia de covid-19 e reiterou que as restrições em vigor estão "adaptadas à atual situação", face às críticas de duas dezenas de especialistas numa carta aberta.

Em declarações aos jornalistas numa visita ao centro de vacinação de Carnaxide, a governante, que contou com a companhia do coordenador da 'task force' responsável pela logística das vacinas, o vice-almirante Gouveia e Melo, e do presidente da Câmara de Oeiras, Isaltino Morais, realçou a aposta "na vacinação como arma de combate" e vincou que "se não fosse a vacinação, o risco de transmissão e a incidência estariam muito superiores".

Paralelamente, lembrou a necessidade de manter as medidas não farmacológicas, nomeadamente a utilização de máscara, o distanciamento físico e a higienização das mãos.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Marta Temido saúde doenças doenças contagiosas
Ver comentários