Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Moradores manifestam-se contra construção de prédios de oito pisos no Alto do Restelo

Acusam a câmara de "construir a maior muralha de betão, mesmo nas franjas do Parque Florestal de Monsanto".
Rogério Chambel e Lusa 24 de Julho de 2021 às 09:49
Moradores manifestam-se contra construção de prédios de oito pisos em Belém
Moradores manifestam-se contra construção de prédios de oito pisos em Belém
Moradores da freguesia de Belém, em Lisboa, contestaram esta sexta-feira o projeto de renda acessível da autarquia, previsto para o Alto do Restelo, acusando a câmara de "construir a maior muralha de betão, mesmo nas franjas do Parque Florestal de Monsanto", mesmo após reformulação do projeto inicial.

Após audição pública sobre o empreendimento, a autarquia lisboeta reduziu a proposta de 629 apartamentos para 578 e apresentou uma versão com edifícios de oito pisos (e não 15). Os moradores dizem que foram "confrontados com a imposição de uma reformulação meramente cosmética do projeto, apresentada como facto consumado".

A autarquia diz que cerca de 70% das habitações serão destinadas a renda acessível e as restantes serão colocadas a preço de mercado, tal como previsto anteriormente. Será também construída uma creche com lugar para 84 crianças. O centro de dia será mantido, mas está também previsto um centro cívico com uma biblioteca, sala de conferências e teatro, terraço na cobertura do edifício com vista de rio, assim como um pavilhão desportivo público.
Belém Lisboa Alto do Restelo Parque Florestal de Monsanto política política interna autoridades locais
Ver comentários