Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
9

Peregrinos de volta ao santuário de Fátima

Bispo de Leiria-Fátima destaca o “novo colorido” do recinto formado por “dezenas de milhares” de fiéis.
Isabel Jordão 14 de Outubro de 2021 às 01:30
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
Peregrinos estiveram em grande número na Procissão do Adeus
O recinto de oração do Santuário de Fátima voltou a encher-se com “dezenas de milhares” de fiéis que deram “um novo colorido à peregrinação”, o que não acontecia desde outubro do ano passado, por causa das restrições impostas pela pandemia de Covid-19.

“Esta peregrinação iniciou um novo ciclo marcado pela esperança”, disse o bispo de Leiria-Fátima, cardeal António Marto, afirmando que ao longo destes meses “de privações” os peregrinos foram “exemplares no cumprimento das regras sanitárias”. “Foi um exemplo para todo o País”, garantiu.

De janeiro a setembro deste ano participaram nas celebrações mais de 1,3 milhões de peregrinos, mais 200 mil que em igual período de 2020. Antes da pandemia, o Santuário acolhia seis milhões de pessoas por ano, revelou o reitor do Santuário, padre Carlos Cabecinhas.

“Estamos longe de outros tempos, mas perto de uma nova realidade, que, vivida com responsabilidade, cuidado e resiliência, há de ser igualmente boa”, destacou António Marto.

Os peregrinos entravam no recinto com máscara e por oito locais definidos, onde tinham de higienizar as mãos, e embora não tenha sido fixada uma lotação, apenas metade das entradas se mantiveram abertas ao longo das celebrações, tanto na noite do dia 12 como na manhã desta quarta-feira. As quatro entradas mais próximas do altar do recinto encerraram para evitar aglomerações.

“Precisamos continuar a cuidar da vida e da saúde com responsabilidade”, disse o arcebispo de São Salvador da Bahia, cardeal Sérgio da Rocha, que rezou com os peregrinos “por todos os que cuidam dos doentes nos hospitais e nas casas e pelos que se dedicam à vacinação portadora de esperança”.

A segurança e a tranquilidade dos peregrinos, no exterior do recinto, esteve a cargo da GNR. A ‘Operação Trindade 2021’ decorreu sem “incidentes nem ocorrências”, apurou o CM, apenas houve “um ou dois casos” de pessoas identificadas por venda ambulante ilegal.

pormenores
200 padres e 11 bispos
Participaram na peregrinação 200 padres e 11 bispos. No interior do recinto, 60 acolhedores, entre escuteiros e voluntários do Santuário, ajudaram os peregrinos a posicionar-se de forma a manterem a distância necessária, sobretudo entre pessoas de grupos diferentes.

‘Milagre do sol’
A peregrinação de outubro que assinala a sexta aparição foi a última do ano. Há 104 anos, o dia 13 de outubro ficou conhecido como o dia do ‘milagre do sol’, por o sol ter ‘bailado’ na Cova da Iria, perante 70 mil fiéis e no meio de chuva torrencial.

Grupos de 13 países
O Santuário registou nesta peregrinação “o maior grupo de peregrinos de nacionalidades diferentes”, num total de 13, incluindo a portuguesa, desde o início da pandemia. Inscreveram-se 48 grupos. Quase todos os estrangeiros são oriundos de países da Europa

Veio como peregrino
O presidente da peregrinação disse ter vindo “a este querido santuário como peregrino, entre os peregrinos”. E destacou os “laços de fé e devoção” a Nossa Senhora de Fátima que une portugueses e brasileiros.

Papa evoca Fátima
O Papa Francisco convidou esta quarta-feira os católicos à recitação diária do terço, ao evocar, no Vaticano, a sexta aparição de Nossa Senhora. Na saudação aos peregrinos de língua portuguesa, convidou a que reforcem “o sentir e o viver com a Igreja”.

Cardeal com olho negro devido a queda

Uma queda numas escadas está na origem do ferimento junto a um olho que o bispo de Leiria-Fátima, cardeal António Marto , exibia esta quarta-feira.

Marcelo esteve na procisão das velas
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, participou na Procissão das Velas. Estava no meio dos peregrinos , com uma vela acesa.

Ver comentários