Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
2

Pessoas que superaram a Covid-19 mas continuam com sintomas podem ter danos ocultos nos pulmões, revela estudo

Cientistas utilizaram um novo método que deteta anomalias pulmonares não detetadas em exames habituais de rotina.
Correio da Manhã 29 de Janeiro de 2022 às 12:43
A carregar o vídeo ...
Pessoas que superaram a Covid-19 mas continuam com sintomas podem ter danos ocultos nos pulmões, revela estudo
Um estudo realizado no Reino Unido sugere que as pessoas que continham com sintomas da Covid-19 após superar a doença podem ter danos ocultos nos pulmões. Os cientistas utilizaram um novo método que deteta anomalias pulmonares não detetadas em exames habituais de rotina.

Foram analisados 11 casos de pessoas que não precisaram de cuidados hospitalares após contrair a infeção mas que se queixavam de falta de ar por um longo período de tempo. Está agora em curso um estudo mais alargado que pretende confirmar os resultados obtidos. Este estudo pode vir a explicar a grande quantidade de casos de pessoas que se queixam de falta de ar após terem sido infetadas.

O método em causa é utilizado com recurso a gás xenon, que se comporta de forma muito semelhante ao oxigénio mas que pode ser detetado visualmente durante os exames, o que permitiu aos cientistas perceber o movimento do ar para a corrente sanguínea. Para os doentes que mantinham os sintomas após a infeção de Covid-19, a transferência de gás era menos eficaz do que para os restantes.

"Há agora questões importantes a responder, tais como, quantos pacientes com sintomas prolongados após contrair a Covid-19 terão exames anormais, o significado da anormalidade que detetámos, a causa da anormalidade, e as suas consequências a longo prazo", explicou o Professor Fergus Gleeson, em representação do estudo.
Covid-19 Reino Unido saúde questões sociais infeções
Ver comentários