Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
1

Porto prolonga diversão e Braga fica ‘Entre Portas’. O São João com desconfinamento

Horário dos ‘fun parks’ da cidade Invicta alargado para a meia-noite aos fins de semana.
Fátima Vilaça e Manuel Jorge Bento 13 de Junho de 2021 às 09:42
Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, não escapou à medição de temperatura à entrada do ‘fun park’ do Calém
Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, não escapou à medição de temperatura à entrada do ‘fun park’ do Calém FOTO: Direitos Reservados
A antecipação da nova fase de desconfinamento permite que os três locais de diversão instalados na cidade do Porto permaneçam abertos até à meia-noite às sextas-feiras e sábados, e até às 23h00 nos restantes dias da semana. Já em Braga, o autarca Ricardo Rio apela à responsabilidade: "Celebrem o São João, mas não festejem o São João." Na capital do Minho, o programa dos santos populares será ‘Entre Portas’ e inclui eventos presenciais, sem os tradicionais festejos nas ruas.

A cidade dos arcebispos está com incidência de casos de Covid-19 acima da linha vermelha e, por isso, o São João será confinado. O programa, que inicia sexta-feira e termina no dia 24, inclui três concertos: Augusto Canário e amigos (Altice Forum), gala sanjoanina com Ana Bacalhau (Theatro Circo), Daniel Pereira Cristo (Museu dos Biscainhos). Haverá ainda o espetáculo ‘Banquete de David’, promovido pelo Circuito - Serviço Educativo Braga Media Arts, sete exposições e um Congresso Sanjoanino. As celebrações religiosas integram missa campal e missa na Sé.

"Este ano, conseguimos abrir um pouco o São João, mas tudo com grande responsabilidade porque primeiro estão as pessoas e a saúde pública", referiu Firmino Marques, presidente da Associação de Festas de São João de Braga.

Já no Porto, apesar do alargamento de horário, os locais de diversão vão fechar às 18h00 na véspera de São João, no dia 23. A entrada nestes ‘fun parks’, localizados na rotunda da Boavista, nas Fontainhas e no jardim do Calém, implica o controlo de temperatura corporal e a desinfeção das mãos. A lotação dos espaços, que são vedados, e a limpeza sistemática dos equipamentos de diversão ou de ‘comes e bebes’ são outras medidas do plano de contingência aprovado pela Direção-Geral da Saúde.

Parecer desfavorável da DGS não trava arraial comício com sardinhas e bifanas
Apesar de a Câmara de Lisboa ter cancelado os festejos dos santos populares e de as autoridades de saúde terem emitido um parecer desfavorável, a Iniciativa Liberal realizou ontem um arraial comício, ocupando o Largo Vitorino Damásio, em Santos, com mesas, quiosques de venda de bebidas, assadores para sardinhas e bifanas. A autoridade de saúde diz que não recebeu informação sobre a finalidade das barraquinhas, embora o delegado de saúde regional de Lisboa e Vale do Tejo, António Carlos Silva, tenha sido "desfavorável relativamente a todas as atividades que extravasem o referido comício político".
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários