Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Portugal no 'verde': Cai incidência de novos casos de Covid, ocupação de camas de UCI e taxa de mortalidade

País apresenta valores positivos nos principais indicadores de avaliação da pandemia.
Correio da Manhã 24 de Setembro de 2021 às 16:39
Descofinamento em Portugal
Descofinamento em Portugal FOTO: CMTV

A DGS e o INSA emitiram esta sexta-feira o relatório da monitorização das 'linhas vermelhas' da Covid-19, que revala a análise à situação da pandemia em Portugal.

Segundo o documento, o número de novos casos de infeção por 100 000 habitantes, acumulado nos últimos 14 dias, foi de 125 casos, "com tendência decrescente a nível nacional". Nenhuma região apresentou uma incidência superior ao limiar de 480 casos em 14 dias por 100 000 habitantes, sendo que a região com a incidência mais alta é o Algarve (272 casos por 100 mil habitantes).

Quanto a faixas etárias, no grupo etário com idade superior ou igual a 65 anos, o número de novos casos de infeção por Covid, por 100 mil habitantes, acumulado nos últimos 14 dias, foi de 86 casos, com tendência estável a decrescente a nível nacional. O grupo etário com maior incidência de novos casos é o dos 20-29 anos, ainda assim apresentando tendência decrescente (183 casos por 100 mil habitantes).

O indíce de transmissibilidade R(t) apresenta valor inferior a 1, "indicando uma tendência decrescente da incidência de infeções" por Covid-19 a nível nacional (0,83) e em todas as regiões. Apenas o Norte registou um ligeiro aumento neste índice, que passou de 0,78 para 0,82.

O número de doentes Covid-19 internados em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) "revelou uma tendência decrescente, correspondendo a 29% (na semana anterior foi de 40%) do valor crítico definido de 255 camas ocupadas", descreve a DGS e o INSA.

A variante Delta da Covid-19, originalmente associada à Índia, é a variante dominante em todas as regiões, com uma frequência relativa de 100% dos casos avaliados na semana de 6 a 12 de setembro.

A mortalidade por Covid-19-19 (9,8 óbitos em 14 dias por um milhão habitantes) tambem demonstra uma tendência decrescente.

"A análise dos diferentes indicadores revela uma atividade epidémica de infeção por SARS[1]CoV-2 de intensidade moderada, com tendência decrescente a nível nacional, assim como uma tendência decrescente na pressão sobre os serviços de saúde e na mortalidade por COVID-19", termina o relatório.

Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Portugal UCI Covid DGS INSA Covid-19 SARS-CoV-2 questões sociais saúde demografia emigrantes
Ver comentários