Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Proteção Civil registou 692 ocorrências até às 20h00 devido ao mau tempo, quase metade em Lisboa

Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) tem sob alerta amarelo todos os 18 distritos.
Lusa 20 de Fevereiro de 2021 às 21:38
Mau tempo
Mau tempo FOTO: Getty Images
O mau tempo que atinge Portugal provocou, entre as 08:00 e as 20:00 de hoje, um total de 692 ocorrências no país, quase metade no distrito de Lisboa, informou a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Segundo disse à Lusa o comandante da ANEPC Pedro Araújo, as previsões indicam que a precipitação mais forte ocorra, nas próximas horas, mais a sul, nos distritos de Beja e Faro, mas sem a mesma intensidade da verificada durante o dia em Lisboa, Setúbal e Leiria.

Pedro Araújo adiantou que o balanço de 12 horas - entre as 08:00 e as 20:00 - indica que no distrito de Lisboa registaram-se 399 ocorrências, seguindo-se os distritos de Leiria (76) e Setúbal (67).

"Não temos conhecimento de nenhuma vítima associada às condições meteorológicas adversas", referiu o responsável da ANEPC, ao avançar que a grande maioria das situações verificadas foram de danos em edifícios e veículos, assim como inundações.

O comandante da Proteção Civil disse ainda que, na sequência de uma queda de uma árvore de grande porte ao início da tarde, ainda se mantém cortada a linha ferroviária no sentido Lisboa-Cascais, enquanto o percurso inverso já foi reaberto.

"Está ainda seriamente condicionada a circulação nesta linha. Ainda não há previsão para a reabertura" dos dois sentidos, disse Pedro Araújo.

Outra das ocorrências registadas durante a tarde resultou de uma barreira que soterrou um posto de transformação da EDP na Nazaré, provocando um corte de energia, que ainda não foi reposta, adiantou.

O Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA) colocou hoje sob aviso laranja 13 dos 18 distritos, incluindo toda a costa do país, e a amarelo cinco distritos do interior devido ao mau tempo.

De acordo com o 'site' do instituto, os distritos do litoral, incluindo todo o Algarve, estão sob aviso laranja.

Os avisos laranja devem-se sobretudo à precipitação, embora nos distritos mais a norte, Porto, Braga e Viana do Castelo, se devam também ao vento e à agitação marítima.

Os distritos de Évora, Portalegre, Castelo Branco, Guarda e Bragança estão sob aviso amarelo, assim como os arquipélagos da Madeira e dos Açores.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) tem sob alerta amarelo todos os 18 distritos.

A situação de alerta amarelo vai manter-se até às 13h00 de domingo.

O aviso laranja indica situação meteorológica de risco moderado a elevado e o amarelo é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Ver comentários