Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

PSP sinalizou mais de mil idosos em situação de risco na operação "Solidariedade não tem idade/2021"

Mais 253 do que no ano anterior.
Lusa 1 de Outubro de 2021 às 08:05
Mais 253 do que no ano anterior
Mais 253 do que no ano anterior FOTO: CMTV
A Polícia de Segurança Pública (PSP) contactou entre 19 de julho e 24 de setembro 8 033 idosos e sinalizou 1 244 que se encontravam em situação de risco, no âmbito da operação "Solidariedade Não Tem Idade/2021".

Esta sexta-feira, "Dia Internacional do Idoso", e em comunicado, a PSP adianta que durante a operação fez 8 033 contactos individuais, mais 1 747 do que no ano anterior, tendo sinalizado 1.244 idosos que se encontravam em situação de risco, mais 253 do que no ano transato.

Destes 1 244 idosos sinalizados, 386 foram devido a isolamento geográfico e/ou social, 569 devido a vulnerabilidades relativas à sua autonomia reduzida, 124 por serem vítimas de violência/crime e 174 por outras causas.

"Na operação 'A Solidariedade Não Tem Idade' a PSP exerce as suas competências de prevenção criminal (e de prevenção prioritária) que lhe estão genericamente atribuídas, fazendo-o em cooperação com instituições locais e em apoio a outras entidades nas suas competências de apoio/assistência social ou serviços médicos, salvaguardando as áreas de intervenção próprias de cada uma", refere aquela força policial.

Adicionalmente, a PSP realiza também anualmente o projeto "Estou Aqui Adultos", iniciado em 2015 com a Fundação Altice, para pessoas com potencial de perturbação da referenciação espácio temporal.

"No âmbito deste projeto, cuja adesão pode ser concretizada no sítio http://estouaquiadultos.mai.local/Pages/Home.htm#4, durante este ano foram já pedidas e ativadas 1 245 pulseiras que, considerando que cada adesão tem a validade de dois anos, totaliza neste momento 3 218 adesões ativas", adianta a PSP.

Na nota, a PSP diz também que no decorrer de 2021 foi possível promover o reencontro de oito idosos com as respetivas famílias, através do "Estou Aqui Adultos", encontrando-se a grande maioria na faixa etária entre os 70 e os 89 anos.

A operação "Solidariedade Não Tem Idade" é realizada pela PSP desde 2012 através dos polícias afetos às Equipas de Proximidade e Apoio à Vítima anualmente e a nível nacional e está especialmente direcionada para os cidadãos seniores (> 65 anos de idade).

A ação tem como principal objetivo a deteção tão precoce quanto possível de casos de fragilidade social entre a população idosa.

"Neste Dia do Idoso, a PSP apela a que toda a sociedade apoie ativa e diariamente todos os cidadãos seniores, nomeadamente sinalizando situações de risco e vulnerabilidade" também através do email proximidade@psp.pt, destaca aquela força de segurança.

O "Dia Internacional do Idoso" foi instituído em 1991 pela Organização das Nações Unidas com o intuito de alertar a sociedade para a necessidade de proteger e cuidar da população mais envelhecida.

Ver comentários