Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Quadra natalícia com frio mas sem chuva

Braga, Guarda, Viseu e Vila Real serão os distritos mais frios.
Francisca Genésio 18 de Dezembro de 2018 às 08:29
Penhas Douradas com temperatura mínima de um grau na véspera de Natal
Boneco de Neve na Serra da Estrela
Árvore de Natal
Penhas Douradas com temperatura mínima de um grau na véspera de Natal
Boneco de Neve na Serra da Estrela
Árvore de Natal
Penhas Douradas com temperatura mínima de um grau na véspera de Natal
Boneco de Neve na Serra da Estrela
Árvore de Natal
A chuva prevista para algumas partes do País durante os próximos dias vai dar lugar, a partir de sexta-feira, ao sol e ao frio, tornando a quadra natalícia mais agradável para os portugueses que queiram aproveitar estes dias para passear.

"Não são esperadas, para já, temperaturas negativas ou precipitação pelo menos até dia 26 de dezembro", disse ao CM a meteorologista do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), Madalena Rodrigues.

Segundo as previsões do IPMA para a véspera de Natal (24), as temperaturas mínimas mais baixas deverão ser registadas na região Interior do País, com os termómetros a variar entre os 2º C e os 4º C.

Os distritos de Bragança, Guarda, Viseu e Vila Real serão os mais frios. Por outro lado, Setúbal e Faro serão os mais quentes, com máximas que poderão chegar aos 18º C.

Para o dia de Natal está prevista uma "ligeira subida" da temperatura mínima em todo o território, assim como o "céu limpo". O cenário de bom tempo, ainda que com frio, poderá alterar-se, no entanto, no dia 26.

"São previsões muito longas e, por isso, não conseguimos dizer, com exatidão, se a chuva estará de regresso ao País a partir desse dia ou não", explica Madalena Rodrigues.

De acordo com a página da internet do IPMA, a probabilidade de precipitação para o dia 26, no Porto, é de 48%, mas vai diminuindo mais a sul do País.

Em Coimbra a probabilidade é de 43%, em Lisboa é de 29% e em Faro é de 16 por cento.
Ver comentários