Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Quer ter uma pele saudável? Dicas e conselhos incluem ingestão de água

Líquidos permitem o transporte de nutrientes para as células e participam nas reações enzimáticas que facilitam a digestão.
João Saramago e André Filipe Oliveira 13 de Abril de 2019 às 10:13
Beber água permite manter uma pele hidratada e retira a sensação de ter os lábios e a língua secos
Água
Exercício resulta em transpiração
Sede é, por vezes, confundida com a sensação de fome
Mulher
Protetor solar
Sol intenso implica ter de estar na sombra nas horas de maior calor
Beber água permite manter uma pele hidratada e retira a sensação de ter os lábios e a língua secos
Água
Exercício resulta em transpiração
Sede é, por vezes, confundida com a sensação de fome
Mulher
Protetor solar
Sol intenso implica ter de estar na sombra nas horas de maior calor
Beber água permite manter uma pele hidratada e retira a sensação de ter os lábios e a língua secos
Água
Exercício resulta em transpiração
Sede é, por vezes, confundida com a sensação de fome
Mulher
Protetor solar
Sol intenso implica ter de estar na sombra nas horas de maior calor
Os sintomas da desidratação podem ser sentidos na pele, com a perda de brilho, além de sentir a língua e os lábios secos. O consumo de água é, assim, essencial como princípio básico para uma pele saudável. A água lubrifica os tecidos do corpo e retarda o aparecimento de rugas.

A escolha do tipo de água é uma das tarefas que não levanta dificuldade. A principal diferença é relativa ao pH, e há quem acredite que a água mais alcalina (com um pH mais elevado) é mais benéfica que as menos alcalinas. Este é, contudo, um mito, uma vez que a água mais alcalina não influencia os níveis de pH no estômago.

O consumo de água em quantidades menores ao recomendável conduz a problemas de saúde. O Instituto de Hidratação e Saúde indica um consumo diário recomendável de 1,5 litros para as mulheres, de 1,7 litros para as grávidas e de 1,9 litros para os homens.

Dores de cabeça, fadiga, problemas renais, são alguns dos sintomas comuns a quem não bebe água nas quantidades recomendáveis. Isto porque o consumo de água apresenta um conjunto de funções vitais para o organismo: permite o transporte de nutrientes para as células e a excreção de produtos resultantes do metabolismo, pois através dos rins são libertadas as substâncias de que o corpo não necessita. A água ingerida participa também nas "reações enzimáticas, que facilitam nomeadamente a digestão".

A água faz a regulação da temperatura corporal, ou seja, "quando o corpo está excessivamente quente, aumenta substancialmente a sudorese afim de libertar calor através da evaporação", revela o Instituto da Hidratação e Saúde. "Ao suarmos, a água que existe no suor evapora-se à superfície da pele, produzindo abaixamento da temperatura corporal. Não é a transpiração por si que faz arrefecer o indivíduo, mas sim a evaporação da água do suor produzido", acrescenta.

A falta de água pode conduzir à sensação errada de fome e levar ao consumo de alimentos, quando o organismo sente a falta de líquidos.

Consumo de líquidos durante o treino
A ingestão de líquidos que não contenham álcool, não sejam ácidos e não tenham excesso de açúcar durante o treino, repõe a água perdida pela transpiração. A água é fundamental para ajudar a regular a temperatura corporal, o que permite manter o rendimento corporal e evitar o aparecimento de cãibras.

DISCURSO DIRETO
Leonor Girão, dermatologista
"Mínimo de um litro por dia"
CM - A água é decisiva para uma pele saudável?
Leonor Girão– Sim. A água é fundamental para todas as células de todos os seres vivos. A pele não é exceção. Pele saudável precisa de ter água diretamente da circulação.
– Qual a quantidade ideal para beber diariamente?
A quantidade de água a ingerir está dependente da dieta de cada um: se for rica em sopa, frutos ricos em água (melancia, citrinos), legumes, precisa de beber menos água. Podemos, no entanto, dizer que se deve beber pelo menos um litro por dia, e essa quantidade aumenta no tempo quente.
– Mesmo sem sede é necessário beber água?
Deve-se beber água mesmo sem sede. É um hábito. Cria-se. Beber todas as manhãs um copo de água após a evaporação do ambiente quente da noite no quarto. E durante o dia mais dois a três copos de água, por exemplo, nas refeições.

Limpar o rosto com toalha macia
Cuidar do rosto implica utilizar uma toalha adequada. A melhor opção passa por uma toalha suave, lavada com amaciador e passada a ferro. Quanto mais áspera for a toalha mais agressiva será para a pele, com consequências negativas, em particular para quem sofre de rosácea.

Este é um problema de pele em que são desaconselhados os banhos muito quentes, as saunas, e os exercícios físicos intensos. Os medicamentos que dilatam os vasos sanguíneos não são recomendados. Também na maquilhagem há limitações perante o risco de provocar irritações, pelo que é conveniente obter um conselho de um médico dermatologista.

Na proteção do rosto, o protetor solar deve ser usado diariamente, mesmo no inverno. O sol em excesso é um dos principais responsáveis pelo aparecimento de manchas e envelhecimento precoce da pele.

Fundamental é que em dias de sol particularmente intenso a opção durante as horas de maior calor (entre as 11h00 e as 16h00) deve ser a de permanecer à sombra. A exposição cuidada ao sol é, contudo, benéfica: estimula a produção de vitamina D.

Rejuvenescimento com recurso a químicos
O peeling químico é uma alteração do pH da pele que visa o rejuvenescimento. Em primeiro lugar é feita a limpeza e depois é aplicado o ácido que atua por alguns minutos, sendo depois neutralizado.

Tratamentos sem risco para o rosto
A radiofrequência e a endermologia são massagens à superfície da pele que visam a renovação facial. Nenhuma destas técnicas deixa marcas. Apenas a primeira pode deixar a cara rosada.

April Ivy: "Prefiro manter o equilíbio"
A conhecida cantora portuguesa April Ivy é um exemplo e uma referência para milhares de jovens raparigas em Portugal.

No Instagram, são várias as fotografias que publica em que as suas curvas sensuais estão em evidência e, para a artista, de 19 anos, não há grandes segredos: há que ter cuidados com o físico e, sobretudo, não descurar as idas ao ginásio.

"Vou ao ginásio três vezes por semana. Tenho um personal trainer que está comigo duas horas por sessão. Estou mesmo a dar no duro", começou por descrever ao Correio da Manhã, adiantando que é mais rigorosa com o exercício do que com a dieta.

Em relação à alimentação, a namorada do craque do Benfica Rúben Dias explica que nem sempre consegue ter disciplina suficiente para optar por alimentos saudáveis.

"Tenho alguns cuidados com a minha alimentação, claro, mas a verdade é que tento não cortar em nada, ou seja, não há alimentos proibidos na minha dieta. Sinto que uma alimentação que não me faça sentir feliz não me vai trazer nada de positivo, por isso, prefiro manter o equilíbrio e comer um pouco de tudo, de forma moderada. Num dia posso comer pipocas e chocolates. No outro alimento-me o melhor possível."

April Ivy revela, ainda, que a confiança é o seu maior trunfo para nunca ter problemas de autoestima. "Sinto-me muito confiante com o meu corpo. O mais importante é estar bem comigo mesma e passar isso aos outros", revela a jovem cantora, que assume gostar da imagem que vê refletida no espelho.
Ver comentários