Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade

Resposta dos dadores foi "excecional" e dádiva de sangue foi maior do que em 2020

Em fevereiro foram realizadas 17843 dádivas de sangue, mais 7,6% do que no mês homólogo.
Lusa 26 de Março de 2021 às 17:54
João Silva, de 20 anos, é um dos dadores assíduos do hospital de Évora
João Silva, de 20 anos, é um dos dadores assíduos do hospital de Évora FOTO: Hugo Rainho
O Instituto Português do Sangue classificou, esta sexta-feira, como "excecional e sem precedentes" a resposta da sociedade ao apelo à dádiva lançado no início do ano, permitindo manter a dádiva de sangue mais elevada do que em 2020.

Em resposta à agência Lusa, o Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST) disse que no mês de janeiro o número de dádivas de sangue e componentes sanguíneas foi 36,1% superior ao período homólogo de 2020, antes da pandemia, tendo sido realizadas 17.406 dádivas.

Em fevereiro foram realizadas 17.843 dádivas de sangue, mais 7,6% do que no mês homólogo, que foi o que registou o maior número de dádivas em todo o ano passado.

Instituto Português do Sangue e da Transplantação questões sociais saúde
Ver comentários