Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
3

Silva Ribeiro reconduzido como Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas

Almirante, de 63 anos, está no cargo desde 1 de março de 2018.
Sérgio A. Vitorino 11 de Fevereiro de 2021 às 19:29
Almirante Silva Ribeiro
Almirante Silva Ribeiro FOTO: CMTV

O governo propôs ao Presidente da República a recondução do almirante António Silva Ribeiro no cargo de Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMGFA). O principal chefe militar terminava agora os três anos de mandato.

A prorrogação é, como prevê a lei Orgânica de Bases da Organização das Forças Armadas, por um período máximo de dois anos. A deliberação assinada por António Costa foi aprovada esta quinta-feira em Conselho de Ministros e será enviada a Marcelo Rebelo de Sousa.

O almirante Silva Ribeiro, de 63 anos, está no cargo desde 1 de março de 2018. O principal chefe militar tem liderado o contributo das Forças Armadas no combate à pandemia da Covid-19 e, simultaneamente, a melhoria do Sistema de Saúde Militar, a modernização do comando e controlo das missões no estrangeiro e a aposta na ciberdefesa, entre outras áreas que definiu como prioritárias.

Antes de ser CEMGFA, Silva Ribeiro foi Chefe do Estado Maior da Armada, Diretor-Geral da Autoridade Marítima e Comandante-Geral da Polícia Marítima, bem como outros cargos superiores na estrutura da Marinha – onde entrou em 1974 para a Escola Naval.

Complementarmente à carreira militar,o almirante Silva Ribeiro é um académico especializado nas áreas de Estratégia, Ciência Política e História. Leciona e supervisiona investigações em universidades e Centros de Investigação portugueses. Publicou dezenas de livros e é frequentemente orador em conferências sobre assuntos militares, políticos, Relações Internacionais e Estratégia. 

Recondução também na Marinha

O CM sabe ainda que o atual Chefe do Estado Maior da Armada (CEMA), almirante Mendes Calado, que também termina agora o mandato de três anos, será reconduzido no cargo.

Já o vice-almirante Sousa Pereira, até agora Diretor-Geral da Autoridade Marítima e Comandante-Geral da Polícia Marítima, será o novo chefe da Casa Militar do Presidente da República. Será ‘rendido’ na Autoridade Marítima pelo vice-almirante Coelho Cândido.

Ver comentários