Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Sindicato Independente dos Médicos alerta para caos vivido no Hospital de Portalegre

Sindicato rvela um "total incumprimento com os requisitos mínimos de segurança para os doentes e para os clínicos".
Correio da Manhã 8 de Dezembro de 2021 às 10:31
A carregar o vídeo ...
Sindicato rvela um "total incumprimento com os requisitos mínimos de segurança para os doentes e para os clínicos".
O Hospital Dr. José Maria Grande - Portalegre da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano encontra-se atualmente sem clínicos para "fazer face às necessidades " do serviço.

A denúnica é feita esta quarta-feira pelo Sindicato Independente dos Médicos (SIM), que revela um "total incumprimento com os requisitos mínimos de segurança para os doentes e para os clínicos, provocando um cenário de instabilidade e insegurança".
 
"O SIM torna público o apelo ao Governo, à ARS Alentejo e ao Conselho de Administração (CA) para que não continuem a ignorar os problemas da falta de médicos no Hospital Dr. José Maria Grande, que nem o cada vez maior recurso a empresas prestadoras consegue disfarçar. Demonstram a sua total incapacidade na resolução dos problemas, refletida na incapacidade e incompetência em fixar médicos, gerando insuficiências na prestação dos serviços com qualidade neste hospital", alerta o sindicato.

O organismo sublinha que os médicos estão a chegar "ao limite das suas capacidades", muitos deles com mais de 500 horas de trabalho extraordinárias registadas. 
Ver comentários