Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
5

Têxtil despede 25 funcionárias por SMS e pede insolvência

Mensagem foi enviada pela gerente da firma, Augusta Ferreira.
P.J.D. 21 de Março de 2018 às 08:54
Modelo e Ponto abriu falência
SMS
Modelo e Ponto abriu falência
SMS
Modelo e Ponto abriu falência
SMS
As 25 trabalhadoras da empresa têxtil Modelo e Ponto, em Santo Tirso, foram avisadas, no domingo, por SMS, de que estavam despedidas. A mensagem foi enviada pela gerente da firma, Augusta Ferreira.

"É mau ficarmos sem emprego e sermos avisadas por uma mensagem de telemóvel. Merecíamos outra consideração da patroa. Ficámos sem receber os meses de fevereiro e março, além de cerca de 200 euros do subsídio de Natal", disse uma das funcionárias, que pede anonimato.

A empresa deverá, esta semana, entregar um pedido de insolvência no Tribunal de Santo Tirso. A Modelo e Ponto tem dívidas à Segurança Social. Uma penhora de 18 mil euros terá precipitado a decisão de abrir falência.

As funcionárias já se reuniram com o advogado da empresa e vão receber os documentos para pedirem o subsídio de desemprego.
Ver comentários