Barra Cofina

Correio da Manhã

Sociedade
7

Todas as praias de Espinho e cinco de Gaia interditas a banhos por contaminação com bactéria

Municípios aguardam os resultados da contra-análise.
Paulo Jorge Duarte 18 de Agosto de 2022 às 19:20
Praia de Paramos, Espinho
Praia de Paramos, Espinho
Todas as praias do concelho de Espinho e cinco de Gaia (Canide, Salgueiros, Canide Norte, Madalena sul, Valadares norte e Valadares sul), içaram bandeira vermelha em sinal de desaconselhamento de banhos por causa de uma contaminação microbiológica.

Durante um processo de monitorização da qualidade da água balnear foi detectada uma bactéria derivada de matéria orgânica. As praias com bandeira azul suspenderam, provisoriamente, até ao próximo dia 22 de agosto.

Os municípios de Gaia e de Espinho aguardam os resultados da contra-análise e respetiva validação pela Agência Portuguesa do Ambiente para reverter as medidas cautelares nas zonas balneares afectadas.

A bandeira azul é uma distinção atribuída pela Fundação para a Educação Ambiental a praias e marinas que cumpram os requisitos de qualidade ambiental, segurança, bem-estar, infra-estruturas de apoio, informação aos utentes e sensibilização ambiental.

Foi afixado, nas praias concessionadas afetadas, um aviso, validado pela Agência Portuguesa do Ambiente, a informar da medida cautelar de desaconselhamento de banho.
Espinho Salgueiros Agência Portuguesa do Ambiente Canide Madalena Valadares ambiente
Ver comentários