Carlos Alexandre Luís Filipe Vieira caução crimes julgamento