Figueira da Foz Marta Temido Partido Socialista saúde profissionais de saúde sindicatos contestação