Covid-19 Águeda CMTV Recardães questões sociais saúde utentes frio pandemia demora