Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
4

Abertas candidaturas para Bolsa Marta Louro no CM e CMTV

Será proporcionado um contrato de trabalho se a classificação no final do estágio for 'Excelente'.
Sónia Dias 14 de Maio de 2022 às 10:19
Marta Louro distinguiu-se pelo talento, profissionalismo e ética  no trabalho
Marta Louro distinguiu-se pelo talento, profissionalismo e ética no trabalho FOTO: Alexandre Azevedo
Estão abertas as candidaturas para a Bolsa Marta Louro, criada em memória da jornalista do Correio da Manhã e da CMTV que morreu em serviço, no passado dia 27 de abril, num trágico acidente de viação, aos 27 anos. O estágio destina-se a jovens até aos 27 anos, com licenciatura completa, que prossigam o sonho de uma carreira jornalística e que se revejam nos princípios editoriais do CM e da CMTV.

"O talento, a capacidade de trabalho, a tenacidade e os princípios éticos e de rigor da Marta, mas também a sua alegria por fazer o jornalismo que queria, foram uma inspiração e um exemplo para os seus colegas. A Marta fará sempre parte do CM e da CMTV. E esta bolsa com o seu nome é uma das maneiras de a lembrarmos e fazermos perpetuar os seus valores. Abrimos, em nome da Marta, uma oportunidade a jovens que tenham, como ela, o sonho do jornalismo", diz Isabel Rodrigues, diretora-geral de Marketing e Desenvolvimento Digital do grupo Cofina Media.

Já Armando Esteves Pereira, diretor-geral editorial adjunto do CM e da CMTV, afirma que "esta iniciativa é uma justa homenagem a uma jovem jornalista com uma grande ética de trabalho, que deve servir de exemplo a todos os candidatos a esta exigente profissão".

As candidaturas deverão ser enviadas para BolsaMartaLouro@cofina.pt, com os respetivos CV e carta de motivação. Este ano, a receção de candidaturas decorrerá até ao final deste mês (no próximo ano será feita entre 1 e 30 de abril).

A avaliação dos candidatos terá em conta critérios de mérito académico, bem como o alinhamento com os valores inerentes a esta bolsa. Serão privilegiados jovens de áreas mais interiores do País. O estágio, de 12 meses, poderá ser feito em Lisboa ou numa das delegações da empresa. O valor da bolsa mensal será relativo à categoria profissional em que se integra o candidato, acrescido de subsídio de alimentação e transporte. Poderá ainda ser atribuído um Prémio de Excelência no final do estágio, em valor a definir, e um contrato de trabalho caso a classificação seja 'Excelente'.

Regulamento Bolsa Estágio Marta Louro

- Objeto

O presente regulamento define os termos em que decorrerá a atribuição da Bolsa "Marta Louro", doravante designado "Bolsa", promovida pela Cofina.

Marta Louro era uma jovem jornalista da CMTV, que se distinguiu pelo talento, profissionalismo, e pela ética no trabalho. Faleceu em serviço aos 27 anos num trágico acidente de viação.

A memória, o espírito e o exemplo da Marta Louro constituem um legado que o projecto de jornalismo independente do Correio da Manhã e da CMTV vão perpetuar. 

Anualmente, e na comunicação da atribuição da bolsa, será feito "in memoriam" Marta Louro.

- Objetivo

A Bolsa tem por objetivo proporcionar a um(a) jovem licenciado(a) o contacto com a redação do CM e CMTV e com as tarefas do quotidiano jornalístico fomentando o desenvolvimento das competências associadas à profissão, promovendo os princípios e valores em que assenta a atividade, com especial enfoque na ética, no rigor e na responsabilidade exigidos na profissão.

- Destinatários

A Bolsa destina-se a jovens até aos 27 anos com licenciatura completa, que prossigam o sonho de uma carreira jornalística e que se revejam nos princípios editoriais do CM e da CMTV.

A Bolsa é pessoal e intransmissível.

- Candidaturas

As candidaturas deverão ser enviadas para BolsaMartaLouro@cofina.pt com o envio de cv e carta de motivação, no período compreendido entre 1 e 30 de Abril de cada ano.[1]

[1] No ano de 2022 a recepção de candidaturas decorrerá durante o mês de Maio.

}