Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
1

CM lidera com quota de mercado de 61,6%

Entre maio e setembro, o Correio da Manhã ultrapassou o ‘Expresso’ e reafirmou-se como o jornal mais vendido em Portugal.
Sónia Dias 1 de Dezembro de 2021 às 09:28
A carregar o vídeo ...
CM lidera com quota de mercado de 61,6%
O Correio da Manhã continua a ser o jornal diário preferido dos portugueses. Entre janeiro e setembro deste ano, alcançou uma quota de mercado de 61,6%. Isto quer dizer que, em cada 100 compradores da imprensa diária generalista, quase 62 optam pelo Correio da Manhã, de acordo com os dados divulgados ontem pela Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação (APCT).

Numa altura em que a imprensa nacional vive uma crise sem precedentes, devido aos efeitos da pandemia de Covid-19, o CM conseguiu vender em banca uma média de 51 883 exemplares por dia, o que significa que vendeu quase o dobro dos restantes diários nacionais juntos.

Em segundo lugar ficou o ‘Jornal de Notícias’, com uma média de 20 022 exemplares por edição (menos 14,7% quando em comparação com o período homólogo do ano passado). A fechar o pódio dos diários generalistas mais vendidos em banca surge o ‘Público’, com 10 717 exemplares (quebra de 7,1%), seguido do ‘Diário de Notícias’, com uma média de 1645 jornais vendidos (menos 43%).

Entre os diários de referência destaque ainda para o desportivo ‘Record’, que lidera o segmento com 18 465 exemplares vendidos (uma subida de 2%), e ‘O Jogo’, com 6433 cópias vendidas (caiu 2,7%).

Se contabilizarmos também os semanários, o Correio da Manhã foi líder absoluto de vendas em banca entre os jornais portugueses entre maio e setembro, meses em que ultrapassou o ‘Expresso’. Entre as revistas de informação, a ‘Sábado’ continua a liderar o segmento, com uma média de 18 012 exemplares. Já a ‘Visão’ vendeu 12 206.

Recorde-se que os diários ‘Inevitável’ e ‘A Bola’, e os semanários ‘Nascer do Sol’ e ‘Novo’ não são auditados pela APCT, por opção própria.

De referir ainda que as vendas digitais do CM aumentaram 30% nos primeiros nove meses do ano.

pormenores
CMTV também domina
Também a CMTV é o canal do cabo preferido dos portugueses. Em novembro registou um share médio de 4,4%, muito acima da soma de todos os concorrentes de informação nacional.

Revistas de televisão
Nos meses de maio, junho e julho, a ‘TV Guia’ ultrapassou a ‘TV 7 Dias’ nas vendas em banca e tornou-se líder do segmento das revistas de televisão.

Vendas em queda
Nos primeiros nove meses do ano, o consumo de jornais diários voltou a cair, com menos 11 692 exemplares vendidos.
Ver comentários