Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
9

CMTV já chegou aos Estados Unidos

Canal do CM pode ser visto na televisão norte-americana desde quinta-feira. Francisco Penim conduziu a gala de lançamento, em Nova Iorque.
Sónia Dias 24 de Setembro de 2022 às 01:30
Francisco Penim durante a gala de lançamento da CMTV, em Nova Iorque
O empresário António Seabra
Francisco Penim durante a gala de lançamento da CMTV, em Nova Iorque
O empresário António Seabra
Francisco Penim durante a gala de lançamento da CMTV, em Nova Iorque
O empresário António Seabra
A CMTV já emite nos Estados Unidos da América. Desde quinta-feira que o canal do Correio da Manhã está disponível na zona de Nova Iorque através da operadora portuguesa de cabo e satélite SPT Television, da Dish Network, da Fire TV e da Google TV.

“As pessoas que vivem nos EUA têm de estar em contacto com o seu canal. E o seu canal é a CMTV. Este é o canal que dá ternura às pessoas, que lhes dá proximidade”, afirmou o jornalista Francisco Penim, durante a gala de lançamento da televisão do CM, que teve lugar em Nova Iorque.

“O canal está nas pequenas aldeias, está na casa das pessoas. Para quem se encontra longe de Portugal, como nós aqui nos EUA, isso é o mais importante”, referiu António Seabra, presidente do grupo Seabra, que detém a SPT Television.

Já Carlos Rodrigues, diretor-geral editorial da CMTV e do CM, diz que este “é um passo muito relevante da CMTV rumo à internacionalização. Chegarmos a um mercado como o americano, onde há uma fortíssima presença portuguesa em cidades como Newark, é mais um sinal da pujança do projeto CMTV. É com orgulho que podemos dizer que a CMTV é o verdadeiro projeto televisivo do mundo português”.

O objetivo da CMTV, que já está presente em Angola, Moçambique, Cabo Verde, Canadá e França, é chegar aos 50 estados norte-americanos, de forma ser vista em todas as comunidades de emigrantes portugueses do outro lado do Atlântico.
Ver comentários