Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
8

Estado arrecada 566 milhões de euros com leilão do 5G

NOS na liderança com investimento de 165 milhões de euros.
Sónia Dias 28 de Outubro de 2021 às 08:55
5G
5G FOTO: Reuters
O leilão do 5G (quinta geração móvel) chegou ontem ao fim, no seu 201º dia, quase dez meses depois de ter arrancado a fase principal, e com o Estado a arrecadar mais de 566,8 milhões de euros nas duas fases de licitação.

De acordo com os dados revelados pela Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom), a NOS foi a operadora que investiu mais, num total de 165 milhões de euros, seguindo-se a Vodafone com 133 milhões, a MEO com 125,2 milhões, a Nowo com 70 milhões, a DixaRobil com 67,3 milhões e a Dense Air com 5,7 milhões.

"Assumimos desde o início que sairíamos vencedores deste leilão", disse em comunicado Miguel Almeida, presidente da NOS, que acrescentou que "graças ao espectro adquirido" garante "a melhor rede" de 5ª geração.

O leilão, que termina uma semana após António Costa ter apontado o dedo ao regulador pelo atraso na implementação da tecnologia em Portugal, prossegue nos termos do respetivo regulamento, com as fases de consignação e atribuição dos direitos de utilização, processo que inclui a audiência prévia dos candidatos e licitantes e decisão final da Anacom.
5G Estado Anacom economia negócios e finanças economia (geral)
Ver comentários