Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
7

Fotojornalista do Correio da Manhã ganha Prémio Ambiente

Reportagem de Mariline Alves é destacada pela Estação Imagem 2018 sob o tema ‘Incêndios Florestais em Portugal’.
Magali Pinto 22 de Abril de 2018 às 01:30
A luta de quem viveu o horror de perto foi testemunhada por Mariline Alves
Cenário de destruição inesquecível
Imagens que nunca mais apagaremos da memória
Desespero tomou conta do País
A luta de quem viveu o horror de perto foi testemunhada por Mariline Alves
Cenário de destruição inesquecível
Imagens que nunca mais apagaremos da memória
Desespero tomou conta do País
A luta de quem viveu o horror de perto foi testemunhada por Mariline Alves
Cenário de destruição inesquecível
Imagens que nunca mais apagaremos da memória
Desespero tomou conta do País
Quinze de outubro de 2017. O País vivia, de novo, o flagelo dos incêndios florestais. As populações estavam ainda a recuperar da tragédia que quatro meses antes tinha mergulhado Portugal num luto profundo. Os fogos de Pedrógão tinham roubado 66 vidas. E o Centro do País voltava a arder.

Tondela, Santa Comba Dão, Vizela e Oliveira do Hospital foram os mais devastados pelas chamas. O cenário era aterrador - casas destruídas, vidas de trabalho levadas pelo fogo, pessoas que foram deixadas ao abandono, entregues a si mesmas. Mariline Alves, fotojornalista do Correio da Manhã, foi enviada para o local a seguir à noite da tragédia.

As fotografias tiradas na sequência da reportagem para o CM venceram o Prémio Ambiente, da Estação Imagem 2018, sob o tema ‘Incêndios Florestais em Portugal’. A fotojornalista apresenta uma variada lista de imagens que mostram os rostos marcados pela tragédia e revelam um retrato negro de Portugal: a floresta ardida, o choro de quem perdeu quem mais amava, corpos espalhados no chão e as casas destruídas pelo fogo.

"As fotografias são o espelho do que aconteceu em Portugal em outubro do ano passado. São o retrato fiel do flagelo que não deixou ninguém indiferente, dado a conhecer através do fotojornalismo", refere Mariline Alves.

Fotografias no CM e na revista 'Domingo'
As fotografias da fotojornalista do Correio da Manhã foram publicadas no jornal e também na revista 'Domingo', na sequência de uma reportagem alargada sobre os fogos no Centro do País.
Ver comentários