Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

Morreu o eterno Vavá da série ‘Sai de Baixo’

Luis Gustavo tinha 87 anos e lutava há três anos contra um cancro nos intestinos. Estrela da Globo desde 1976, dedicou-se à comédia.
Sónia Dias 21 de Setembro de 2021 às 14:26
Luis Gustavo (ao centro) com o elenco de ‘Sai de Baixo’: Miguel Falabella, Márcia Cabrita, Aracy Balabanian e Marisa Orth
Luis Gustavo (ao centro) com o elenco de ‘Sai de Baixo’: Miguel Falabella, Márcia Cabrita, Aracy Balabanian e Marisa Orth FOTO: DIREITOS RESERVADOS
O Brasil chora a morte de um dos maiores rostos da comédia. Luis Gustavo, um dos criadores e protagonistas de ‘Sai de Baixo’, sitcom com Miguel Falabella onde interpretava o tio Vavá, morreu domingo passado, aos 87 anos, depois de perder uma batalha de três anos contra um cancro nos intestinos. A notícia foi avançada pelo sobrinho, o ator Cassio Gabus Mendes, nas redes sociais.

Nascido na Suécia, a 2 de fevereiro de 1934, Luis Gustavo estreou-se na Globo em 1976. A novela ‘Ti Ti Ti’ (1985) e a sitcom ‘Sai de Baixo’ estão entre os trabalhos mais marcantes numa carreira que inclui ainda ‘O Salvador da Pátria’ (1989), ‘O Beijo do Vampiro’ (2002), ‘O Profeta’ (2006) e, mais recentemente, ‘Êta Mundo Bom!’ (2016). O seu último trabalho foi ‘Sai de Baixo: O Filme’ (2019).

“Era um professor, tinha um amor pela vida muito grande. Não tinha tempo ruim com ele. Tinha carisma, alegria”, disse Gabus Mendes. Também Falabella recorda o colega ‘Tatá’ com carinho: “O galã da minha infância, deixou-nos órfãos de sua alegria e seu extraordinário talento.

“Luis Gustavo dizia que as crianças eram seus grandes professores: se não riam, o personagem não estava pronto”, disse a Globo, em comunicado.

Luis Gustavo é o quarto ator de ‘Sai de Baixo’ a desaparecer. Luiz Carlos Tourinho, o Ataíde na série, morreu em 2008, aos 43 anos, vítima de aneurisma; Márcia Cabrita, que interpretava Neide, morreu em 2017, aos 53 anos, vítima de cancro nos ovários, e José Wilker, que realizou a sitcom, morreu em 2014, na sequência de um enfarte.
Ver comentários