Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
2

Tom Brady ganha 356 milhões de euros para ser comentador desportivo da FOX Sports

Valores chocaram o mundo da televisão e o CEO da FOX já veio explicar a contratação.
Miguel Azevedo 13 de Maio de 2022 às 09:05
Tom Brady, atualmente ao serviço dos Tampa Bay Buccaneers, coloca agora um ponto final na carreira
Tom Brady, atualmente ao serviço dos Tampa Bay Buccaneers, coloca agora um ponto final na carreira FOTO: USA TODAY Sports
Tom Brady, considerado o mais importante jogador da história da NFL (liga profissional de futebol americano dos EUA), vai receber 356 milhões de euros para passar a ser comentador desportivo da FOX Sports. O jogador de 44 anos, que é casado com a brasileira Gisele Bundchen e que se despede este ano da liga, assinou um acordo de 10 anos (35 milhões/ano) e, contas feitas, passará a receber mais como comentador do que como jogador (28,4 milhões/época).

Além dos comentários, o atleta, que já foi por sete vezes campeão na Super Bowl, terá também a função de embaixador da FOX Sports, participando “em atividades promocionais e na angariação de clientes e patrocinadores” apressou-se a explicar, a propósito, Lachlan Murdoch, CEO de FOX Corporation, assim que os valores em causa foram divulgados e chocaram o mundo da televisão.

Antes de contratar Tom Brady, a FOX tinha perdido dois dos seus mais importantes comentadores, Joe Buck e Troy Aikman, a chamada ‘dupla 100 milhões’, para o seu principal concorrente, o canal ESPN.

Com carreira iniciada em 2000 nos New England Patriots, que representou ao longo de 20 anos, Tom Brady é o quarterback com mais vitórias, passes completos, jardas alcançadas e touchdowns na história da NFL.

Em 2020, quando se falava na sua reforma, aceitou um último desafio para representar os Tampa Bay Buccaneers (Florida) por dois anos. Troca agora os campos pelos estúdios de TV, e a bola pelo microfone.
Ver comentários
}