Barra Cofina

Correio da Manhã

Tv Media
1

"Vamos onde tivermos de ir, doa a quem doer": Ana Leal reforça investigação do CM e CMTV

"É um projeto que vou abraçar a 100 por cento. Vai ser tudo diferente", garante a jornalista.
Sara Guterres 8 de Maio de 2021 às 01:30
Ana Leal vai fazer reportagens para o ‘Investigação CM’
Ana Leal vai fazer reportagens para o ‘Investigação CM’ FOTO: David Cabral Santos
Ana Leal é um dos principais rostos do jornalismo de investigação em Portugal e prepara-se para reforçar a informação do Correio da Manhã e da CMTV. "As pessoas vão poder voltar a ver-me no meu registo habitual, que é fazer investigação em que não existem intocáveis, em que vamos onde tivermos de ir, e vamos sempre até ao fim. Doa a quem doer", disse a jornalista sobre o novo desafio, que marca o seu regresso à televisão.

As reportagens de Ana Leal vão começar por ser emitidas no ‘Investigação CM’, programa de referência que está no ar todos os dias, no horário nobre da CMTV. "É um projeto que vou abraçar a 100 por cento. O jornalismo deixou de ser o quarto poder para passar a ser o quarto do poder ou, como costumo dizer, o quarto dos políticos. Aqui, vai ser tudo diferente", garante Ana Leal, que promete rigor e transparência.

O ‘Investigação CM’ é uma das âncoras do horário nobre da CMTV. No mês de abril, contribuiu para um crescimento de quase 30 por cento em relação ao período homólogo. "O programa continuará a ser um dos pilares do horário nobre, agora reforçado com mais uma jornalista que os portugueses conhecem bem e de quem se habituaram a ver grandes investigações. São investigações jornalísticas corajosas, que incomodam poderes instalados e que se adequam perfeitamente ao ADN do projeto jornalístico do Correio da Manhã", referiu Carlos Rodrigues, diretor-executivo do CM/CMTV.

Ana Leal junta-se, assim, a uma equipa independente, num projeto ambicioso e que é uma referência no jornalismo de investigação em Portugal. A estreia está marcada para os próximos dias.
Ana Leal CMTV Portugal Correio da Manhã Investigação economia negócios e finanças media
Ver comentários