Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Consumo continuado de mirtilo tem um forte impacto no fígado, revela estudo português

Revelação fornece pistas importantes para orientar o consumo saudável destas "bagas muito ricas em antioxidantes".
Por Lusa 18 de Janeiro de 2021 às 11:20
Mirtilo
Mirtilo FOTO: Getty Images
Cientistas da Universidade de Coimbra (UC) descobriram que "o consumo continuado de mirtilo tem um forte impacto hepático", fornecendo pistas importantes para orientar o consumo saudável destas "bagas muito ricas em antioxidantes", anunciou hoje a instituição.

Uma investigação desenvolvida por uma equipa multidisciplinar de cientistas da UC concluiu que "o consumo continuado de mirtilo, em doses diárias de cerca de 240 gramas, tem um forte impacto hepático, fornecendo pistas importantes para orientar" o seu "consumo saudável e seguro", afirma a UC, numa nota hoje divulgada.

A descoberta, já publicada na revista Pharmaceutics, aconteceu no decorrer de um estudo que pretende avaliar os possíveis efeitos benéficos do sumo de mirtilo no contexto da pré-diabetes, em modelo animal.

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Água com gás: saudável ou nem por isso?

Melhora a digestão, pode ajudar a perder peso, e é mais interessante do que a água pura do ponto de vista nutricional, dizem alguns especialistas. Mas nem todos têm a mesma opinião.