Barra Cofina
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

Sedentarismo na adolescência leva ao aparecimento de diabetes tipo 2

Jovens que passam mais de quatro horas diárias em frente à televisão têm alto risco de sofrer doenças cardiovasculares.
Por Jéssica Santos e Iúri Martins(iurimartins@cmjornal.pt) 28 de Maio de 2021 às 20:13
Diabetes
Diabetes FOTO: Direitos Reservados

Os adolescentes que passam mais de quatro horas por dia a ver televisão ou vídeos têm um elevado risco de desenvolverem diabetes tipo 2. Um novo estudo demonstrou que esta faixa etária é determinante no desenvolvimento da patologia.

A descoberta foi feita por dois investigadores americanos, Jillian Scandiffio e Ian Jansen, que estudaram o sedentarismo excessivo nos adolescentes e a probabilidade de virem a desenvolver diabetes tipo 2 mais tarde. A investigação, publicada na revista BMC Public Health, analisou uma amostra de 3942 adolescentes de 16 anos do Estudo de Coorte Britânica de 1986 e comparou-a com os resultados em anos recentes. 

Aos participantes foi pedido que indicassem a quantidade de tempo que passavam em frente à televisão, a ver vídeos, a ler e a estudar. Os jovens que afirmavam passar mais de quatro horas diárias a ver televisão e vídeos tinham um risco três vezes superior de serem diagnosticados com diabetes tipo 2 nos trinta anos seguintes, independentemente da realização de atividade física. 

Exclusivos

Assinatura Digital

Acesso sem limites em todos os dispositivos Assinatura válida na APP Correio da Manhã Newsletters exclusivas E-paper antecipado no Quiosque Ofertas e descontos do Clube CM+
Assine já! 1€ no 1º mês
Relacionadas
Notícias Recomendadas
Bem Estar e Nutrição

Água com gás: saudável ou nem por isso?

Melhora a digestão, pode ajudar a perder peso, e é mais interessante do que a água pura do ponto de vista nutricional, dizem alguns especialistas. Mas nem todos têm a mesma opinião.